Canal Café cria ambiente sustentável com estações compartilhadas feitas de resíduos

Canal Café cria ambiente sustentável com estações compartilhadas feitas de resíduos

Uma parceria entre o Canal Café, situado dentro do Campus da PUCRS em Porto Alegre, e a startup Bio 8, de São Leopoldo, que valoriza resíduos sólidos, criou o Eco Coffee, um espaço sustentável, de interação, fruto da transformação de 600 quilos de resíduos descartados. O ambiente fica ao lado do Canal Café Container e foi idealizado com o propósito de conscientizar sobre a importância de valorizar os resíduos que são descartados diariamente.

A realização do projeto Idealizado por Claudio Matone, sócio-diretor do Canal, envolveu diferentes etapas e foi executado pela Bio 8 Valorização de Resíduos, que possui uma tecnologia capaz de transformar resíduos sólidos em novos produtos. Após a identificação e caracterização da destinação mensal dos resíduos do Canal Café foram realizados alguns testes de coesão para o início do projeto de desenvolvimento do Eco Coffee.

O design das mesas e bancos do espaço Eco Coffee foi inspirado nos Campus das Universidade Americanas, para que os frequentadores do local interajam, desenvolvam ideias e curtam o ambiente universitário. As formas limpas e geométricas dos tampos fazem referência às estampas das toalhas e panos tradicionalmente utilizadas em piqueniques, como plano de fundo para esses momentos de convivência em meio a natureza. Todo o projeto foi idealizado pela designer Francine Rodrigues, diretora da P3 Ambientes, de Novo Hamburgo, que planeja ambientes sustentáveis buscando a harmonia entre as pessoas e o meio ambiente. 

O processo de valorização dos resíduos do Canal Café ocorreu por equivalência e resultou na transformação de 600 quilos de resíduos sólidos, transformados em madeira plástica e depois construídos a partir do projeto criado pela P3 Ambientes. A fabricação foi realizada pela empresa Ser Brasil, da cidade de Veranópolis, que possui a tecnologia da Bio 8, o misturador Alavik. As estações compartilhadas foram construídas com a madeira Ecodur, ecológica e durável.

A madeira Ecodur é uma criação da Ser Brasil composta por resíduos do setor têxtil, madeireiro e mais polímeros, e possui  ótima resistência à tração, abrasão, umidade e intempéries . Os resíduos utilizados neste processo seriam descartados em aterros sanitários por empresas que não possuem muitas alteranativas para o descarte periódico de seus resíduos de produção. A destinação de resísuos para aterros provoca desequilíbrio ambiental e a contaminação das águas. 

O Eco Coffee é a concretização de um projeto multidisciplinar de parcerias que tem como objetivo fomentar a correta destinação de resíduos e dar um impulso às iniciativas de valorização de resíduos para a transformação em novos produtos sustentáveis. O Canal Café é vanguarda de inovação sustentável em Porto Alegre, sempre empreendendo iniciativas que alinhem o propósito organizacional com o crescimento sustentável da comunidade onde está inserido.

Segundo Claudio Matone, Sócio-Diretor do Canal Café, Alumni da PUCRS e ESPM, “O que é Canal? Canal é o meio entre duas pontas. Nós somos um espaço de interação, de geração de ideias estimuladas por estes encontros. Pessoalmente, acho que café é um ótimo acompanhamento para estes encontros”. O Eco Coffee vem atender ao propósito do Canal Café, inspirando pessoas e empresas a inovar e transformar.

Compartilhar nas redes

Voltar