Potencial de Reaproveitamento de Resíduos Sólidos do IFRS Porto Alegre é destaque na Mostra POA

Potencial de Reaproveitamento de Resíduos Sólidos do IFRS Porto Alegre é destaque na Mostra POA

Um projeto de pesquisa do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul – Campus Porto Alegre, conduzido pelos alunos Márcia Batista e Lucas Ferrari (Coautores), e coordenado pelas professoras Elisabeth Ibi Frimm Krieger (orientador) e Magali da Silva Rodrigues (Coorientador), realizado pela Bio 8 Valorização de Resíduos, foi destaque na MostraPOA pelo trabalho do potencial de reaproveitamento dos resíduos sólidos da instituição.

A Política Nacional dos Resíduos Sólidos (PNRS), instituída pela Lei nº 12.305/2010, estabelece que na gestão e gerenciamento de resíduos sólidos deve ser observada a seguinte ordem de prioridade: não geração, redução, reutilização, reciclagem, tratamento dos resíduos sólidos e disposição final ambientalmente adequada dos rejeitos.

O projeto de pesquisa e desenvolvimento tem como objetivo produzir bloquetes e placas de sinalização, a serem utilizados na trilha do Jardim Sensorial, em implantação no IFRS – Campus Porto Alegre, utilizando os resíduos armazenados nos depósitos da Instituição e, que constituem presentemente um passivo ambiental.

A metodologia utilizada consistiu em identificar e separar os resíduos com potencial de reciclagem, tais como: madeira, plásticos, papel, papelão e isopor. Foram pesados 12 (doze) quilos de resíduos, sendo seis (06) destes somente compostos por polímeros de diferentes tipos. A seguir, os mesmos foram encaminhados à empresa Bio 8 Valorização de Resíduos.

Como resultado do processo de aglutinação foram obtidos 2 (dois) produtos: um bloquete e uma placa de sinalização. Este projeto piloto demonstrou o grande potencial de reaproveitamento de resíduos, tendo em vista ter possibilitado o aproveitamento do passivo ambiental como matéria-prima para fabricação de produtos para o Jardim Sensorial, que faz parte do Projeto Integrador, componente curricular do Curso de Gestão Ambiental.

O trabalho propõe uma solução de sustentabilidade, como exemplo de processo de transformação, bem como de ações positivas no sentido de minimizar o volume de resíduos armazenados no IFRS – Campus Porto Alegre.

Fonte: IFR Campus Porto Alegre

Confira a lista de premiados: http://mostra.poa.ifrs.edu.br/2018/index.html?fbclid=IwAR2tS43eavcbAaQkTjq76OC4ojisL5VLtW1yA6yb2sdsIhmpHk4BWasIpLc

Compartilhar nas redes

Voltar